História da Rosa  Black Baccara:

Sabia que..

A Rosa Black Baccara foi introduzida pela primeira vez na França no ano 2000 pela Meilland International. Foi hibridizada por Jacques Mouchotte através do cruzamento de um rosa Fuego Negro com uma rosa Célica.

A rosa Black Baccara foi mais tarde introduzida nos Estados Unidos em 2002 por Conard Pyle através da Star Roses na Pensilvânia.

A cor da rosa Black Baccara não é preto, mas sim um profundo vermelho escuro.

Habitualmente está rosa “de chá híbrida” é cultivada para posterior uso em arranjos (flor cortada). A Black Baccara não tem uma fragrância muito intensa, contudo as belas flores vermelhas desta variedade são absolutamente impressionante em qualquer arranjo.

As Rosas Black Baccara crescem em arbustos de cerca de 6 metros de altura que tendem a ser muito estreitos e que produzem flores solitárias com um pouco mais de 1.5 m.  As flores são  cheias e normalmente contêm até 45 pétalas cada. As folhas são de um verde escuro meio-lustrosos e de hastes longos.

Apesar de ser criada para o comércio de flores, está variedade de rosas têm o que é precisa para florescer em jardins ao ar livre. A textura aveludada das pétalas e a sua cor única vermelho-escuro tornará o seu jardim num autêntico sucesso. As flores duram até 2 semanas numa jarra.

Os botões pretos desdobram deixando florescer rosas muito escuras. Embora sejam consideradas rosas pretas, considere a cor mais  vermelha / amora. Os botões das rosas Black Baccara no entanto, são tão escuros, que parecem quase pretos, dependendo da luminosidade.